A Verdade Sobre Ninguém muda Ninguém

Por que Somos Independentes por Natureza

Partindo da premissa que cada um de nós é “uma ilha”, ou seja, somos seres autônomos e assim nos tornamos a partir do instante que nascemos, que aportamos neste mundo. Somos uma unidade completa, independente fisicamente daquela que nos gerou e guardou por nove meses.

Banner Fim de Artigo 500x200

A Verdade Sobre Ninguém muda Ninguém

É lógico que dependemos da amamentação da mãe no limiar da vida, mas depois ficamos independentes dela, passando a sobreviver da alimentação que consumimos diariamente por toda a nossa existência.

Como natureza independente, vamos construindo nosso código de condutas, delineando nosso comportamento que é regido por ideias, pensamentos, opiniões e desejos.

Mas essa existência não é eternamente solitária. A engenharia que nos criou, celestial ou não, determinou que devemos nos unir a outro ser, do sexo oposto e gerar um novo ser.

Esse conceito independe do amor, que pode nos levar a amar pessoa do mesmo sexo, fato verídico e comum na sociedade contemporânea.

A Verdade Sobre Ninguém muda Ninguém 2 Como Se Processa o Amor

E a engenharia que nos idealizou nos construiu de forma que temos centenas de milhares de sensores que nos interligam com o mundo ao redor. “Sentimos e amamos” o mundo através deles, que levam milhões de dados codificados ao cérebro que os decodifica, fazendo-nos interagir com tudo que esta fora de nossa unidade completa.

Estes sensores são representados pelos sentidos (visão, olfato, tato, paladar, audição).

A Verdade Sobre Ninguém muda Ninguém 4

Como Se Processa a Mudança Comportamental

Quando encontramos com um ser do sexo oposto ou do mesmo sexo pelo qual nos apaixonamos e acabamos por nos casar, essa interação inicial se aprofunda. Cada vez mais, a cada dia mais que convivemos com a pessoa amada vamos, clara ou subliminarmente, influenciando essa pessoa mesmo que nós e ela não queiramos.

Este fato ocorre de maneira infalível, sendo benéfico ou não, mas ele ocorre. Isso significa que mesmo quando não desejamos mudar a pessoa amada, mas por viver diária e intensamente ao seu lado, por interagirmos mutuamente psicológica e fisicamente através do sexo, o nosso poder de influenciar outra unidade completa tende inegavelmente a mudá-la, embora ela não queira e nem perceba essa mudança.

Uma silenciosa e discreta transformação interior.

E quanto maior nos entregamos ao relacionamento, quanto maior é o nosso amor em relação à pessoa que convivemos, e por fim, quanto maior é o tempo e os fatos vivenciados e influenciados mutuamente ao seu lado, tanto maior será essa mudança.

A Verdade Sobre Ninguém muda Ninguém 5

A Verdade Sobre Ninguém muda Ninguém

Você acredita que ninguém muda ninguém?

Será que podemos mudar uma pessoa?

Sim, podemos mudar uma pessoa que convivemos diariamente, que temos profunda intimidade e que nos consideramos comprometidos mutuamente. Da mesma forma que ela pode nos mudar em função da interação, do tempo de convivência e do desejo de participar da vida desta pessoa e dela da nossa.

A Verdade Sobre Ninguém muda Ninguém 6

Analisando outra vertente deste assunto, seria o relacionamento no qual ocorre aquilo que podemos chamar de “estado de dominação”. Este seria o relacionamento estigmatizado pela ocorrência frequente de críticas corrosivas, sermões desnecessários e chantagens emocionais, visando impor punições, criar restrições na liberdade de ação física e psicológica da pessoa amada.

Através destas atitudes e ações, uma das pessoas do relacionamento cria um estado de dominação sobre a outra, oprimindo-a, fazendo-a refém de uma situação em que a felicidade é fato utópico. Sintetizando: torna a vida da “pessoa amada” numa tortura, num inferno com direito a visitas à incandescente solitária no porão do mesmo.

As mudanças ocorridas neste tipo de relacionamento em sua maioria são de natureza negativa e contribuem para o fracasso, para o insucesso da relação como um todo.

O casal que vive em estado de dominação não é feliz e tem pouquíssimas chances de ser, em vista que trabalham em prol da destruição daquilo que é mais belo no casamento ou relação amorosa: o sublime amor.

Uma Dica Sobre Mudar uma Pessoa

Não tente mudar seu namorado (a), noivo (a), marido ou esposa. Isso ocorrerá em função da intimidade e profundidade do relacionamento. Caso alguma coisa não esteja correndo bem, você está triste ou desconfortável com um fato ou comportamento de seu amado (a), tente uma conversa calma e sincera, aquela “de coração aberto”.

Possivelmente você conseguirá superar o desconforto ou dificuldade que se faz presente e ambos voltarão a caminhar em direção à felicidade. Entenda que a felicidade não depende de apenas um, mas dos dois que formam o casal.

 Você pode gostar desse outro artigo:

Como Solucionar Assuntos Mal Resolvidos no Casamento”

Banner Siga me Twitter

A Verdade Sobre Ninguém muda Ninguém 7

Robert  Thomaz

Banner Compartilhamento II 300x120

Banner S&L Final de Post

Robert

Robert Thomaz é escritor, poeta, autodidata, pesquisador, blogueiro. Dedica-se ao estudo e pesquisa de assuntos relativos à qualidade de vida, relacionamento intrapessoal, relacionamento interpessoal, saúde e bem-estar.

Website: http://sentimentoseletras.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.