10 atitudes para você adotar em 2019 para melhorar sua qualidade de vida

atitudes

10 attitudes for you to adopt in 2019 to improve your quality of life

A vida é constituída de rotinas e mudanças. A rotina ordena nossas ações e procedimentos, criando uma sequência otimizada de atividades que se repetem quase todos os dias, atitude que uma vez adotada não nos exige repetidos raciocínios diários em vista que nossa mente os automatiza, tornando mais fácil nossa vida e desperdiçando esforços mentais em prol de ações que podemos dizer irrelevantes.

A mudança é salutar no sentido que se busca não somente a otimização de ações e procedimentos, mas também a renovação por rotinas mais apropriadas e aprimoradas em nosso contínuo labutar.

Existe uma tendência de realizarmos anualmente, ao fim do ano, uma fugaz e concisa retrospectiva do que aconteceu em nossa vida no ano que está por findar. Esta é uma das atitudes relevantes que fazemos para avaliar se atingimos total, parcialmente ou não metas planejadas por nós mesmos.

Normalmente, logo que a turbulência do mês de dezembro permite fazemos essa avaliação mental. Desse relacionamento intrapessoal percebemos – boa parte de nós – que há necessidade de realizarmos mudanças em nossas rotinas, que devemos adotar atitudes renovadoras e otimizadas no sentido de retirar rotinas obsoletas e estabelecer outras visando o atingimento de metas que não foram atingidas ou parcialmente atingidas. Nessa célere introspeção nossa mente julga adequado e tempestivo o ano que se inicia como um bom momento para tomar atitudes que visem a otimização de rotinas.

O aspecto fundamental no estabelecimento de atitudes que visem a otimização de rotinas e, consequentemente, a melhora da qualidade de vida, é não impor a si mesmo (a) metas que não se possa cumprir. Essas atitudes ou mudanças devem ser sustentáveis e possibilitar uma transformação a médio e longo prazo no contexto de sua vida.

Planejar atitudes inovadoras de modo cuidadoso e detalhado, até chegando ao preciosismo de colocá-las no papel, é ação conveniente e adequada em vista que são metas que redundarão numa melhor qualidade de vida, saúde e bem-estar e finalmente em felicidade.

 

 

 

 

 

 

 

Benefícios que este assunto pode proporcionar ao leitor

As atitudes abaixo servem como um exemplo daquilo que você deve planejar para que sua vida melhore e passe a caminhar para a felicidade, se já não está nesse caminho brilhante e luminoso. Certamente serão necessárias adaptações ao que está apresentado em vista das peculiaridades, hábitos e aceitação de cada um. De qualquer forma ficam as sugestões e boa sorte.

1 – Renovação mental – Abandone velhas ideias e descarte antigos objetivos que infelizmente não foram atingidos por decurso de tempo, mudança de anseios e novas perspectivas. Abra espaço em sua mente para objetivos mais exequíveis e promissores, adequados a novas metas e a outras mudanças já estabelecidas.

Desanuviar a mente dos problemas e do estresse nos permite gozar da sensação de deslumbramento com as coisas que nos pareciam monótonas, sem energia. Esse libertar da mente permitira a visão de novas atitudes.
Tire alguns minutos por dia para reflexão ou faça-a periodicamente logo que o tempo lhe permitir. É ação suficiente para promover a uma faxina nas velhas ideias e objetivos antigos e aprimorar sua percepção quanto ao seu estilo de vida e realidade pessoal.

Basta se questionar sobre a vida que você está levando, como por exemplo: “Será que o meu jeito de conduzir a minha vida está realmente me fazendo feliz? Minha saúde está boa? Tenho atingido completamente meus objetivos? As metas que estipulei foram atingidas total ou parcialmente? ”

2 – Busque novas ideias e pensamentos – Um estímulo a atitudes é conversar com pessoas que tem ideias diferentes das suas ou divergentes. Segundo pesquisas, devido a um processo químico, o cérebro tende a repetir os mesmos padrões de ações, até por uma questão de segurança e tranquilidade, desde a infância do indivíduo.

Novas ideias e pensamentos gerarão novas conexões e desenvolvimento de sua capacidade cognitiva. Estimularam atitudes e mudanças ainda não experimentadas no contexto de sua vida. Ouça outras pessoas e veja como elas podem dar um insight em sua mente para atitudes positivas e novos objetivos a atingir.

3 – Sair da zona de conforto – Atitudes como esta que exigem forte mudança são encaradas com insegurança e temor, em função dos percalços que se vai enfrentar. Embora se exija paciência e perseverança sair da rotina e enfrentar desafios é ação muito engrandecedora para qualquer pessoa.

Experimentar novas sensações e desafios é algo que abre sua mente e torna-a mais criativa. Confrontar gostos, opiniões e crenças vale a pena para avaliar aquilo que precisamos mudar, adaptar e acrescentar em nossas atitudes.

4 – Encarar com segurança as relações interpessoais – Esta seria uma das atitudes possivelmente mais relevantes deste conteúdo. Encarar que as atitudes que irá se tomar tem percentual de respaldo nas relações interpessoais que se tem é algo a levar-se em conta. Isso não significa que se dependerá dos outros para as atitudes que se vai tomar, mas sim que, dependendo da atitude, terão participação ou não dela, influenciando no sentido de respaldo ou contestação.

Estreitar laços de família, manter mais contato com parentes e amigos, buscando a troca de afetividade e atenção são fatores primordiais para uma melhor qualidade de vida e alcance da felicidade.

A afetividade é a qualidade mais relevante para que se efetive esse relacionamento, ela nos proporciona a sensação de pertencimento e dá mais sentido à vida. Converse mais com seus filhos, reserve mais tempo a eles. Conversando com eles, desde pequenos, ocorrerá o fenômeno da relação estreita e sólida que torna os filhos nossos amigos para toda a vida.

5 – Pratique e ensine a gratidão – Ser grato a uma pessoa (familiar, amigo ou desconhecido) é energia de poder inigualável somente equiparado ao amor. Não leve rancor, mágoas ou ressentimentos no coração para o percurso do ano que se iniciará. Eles são lastro pesado, carga desnecessária e ingrata.

Que seja efetiva sua gratidão, sendo assim ela será exemplo positivo para os demais, tanto mais jovens como mais velhos. Para isso procure pessoas que merecem sua atenção, carinho e estima e diga que elas são importantes para você, que fazem parte de sua história de vida. A gratidão é uma das atitudes mais poderosas que se pode adotar para uma boa e saudável qualidade de vida.

6 – Pratique a empatia – Praticar a empatia é colocar-se no lugar dos outros e tentar compreendê-los. Ter empatia é ação nobre e engrandecedora. Lembre-se que eles podem estar enfrentando batalhas que você nem imagina e nunca passou ou nunca passará.

Olhe tudo ao seu redor com o olhar positivo. Perceba a diferença em encarar uma rosa de duas formas: “Ela é bonita, mas tem espinhos, ou ela tem espinhos, mas é bonita”. Diferença tênue, mas que tem grande efeito.

7 – Faça meditação – Não precisa frequentar qualquer congregação religiosa ou ritual de yoga para se praticar a meditação. Meditar, em última instância, é estar consigo mesmo, longe do mundo e de tudo que ele representa para você.

Sugestão: vá para um canto da casa que lhe é agradável e sereno e feche os olhos; pense em momentos anteriores em que conviveu com a natureza e que estava feliz. Depois vá imaginando seu corpo elevar-se em direção às nuvens como uma cena de purificação. Durante este exercício respire devagar e vá imaginando a cena devagar.

8 – Procure trabalhar seu autocontrole – “Segure” sua língua, seja prudente no falar. Segure seus movimentos, seja prudente no agir, e seja mais gentil com as pessoas que se relaciona. Faça constantemente esse exercício. A prática lhe trará pensamentos positivos e seus relacionamentos interpessoais melhorarão de forma significativa.

9 – Potencialize sua autoestima – Cuidar de si mesmo (a) terá forte reflexo nas atitudes que você vai empreender no decorrer do ano que se iniciará. O aumento da autoestima elevará sua qualidade de vida, sua relação consigo mesmo e com a pessoa que ama.

Explore seu corpo, faça uma viagem por ele e com ele. Como? Tome um longo banho, ponha perfume nas partes que lhe agradam e saia a passear sozinho, sozinho mesmo, olhando despreocupadamente vitrines, tomando um sorvete, comendo pipoca numa sessão de cinema, tomando um café expresso.

Numa noite, após um longo banho, deite-se em lençóis limpos e novos, pouco usados, e assista a um DVD ou simplesmente vá dormir sem ficar pensando nos problemas do dia ou que estarão lhe esperando no dia seguinte. A sensação de estar consigo mesmo (a) é engrandecedora.

10 – Procure ter serenidade e manter o equilíbrio interior – Ser uma pessoa equilibrada é um passo para o sucesso em sua carreira profissional e em sua vida pessoal. O estresse é um fator que compete com o equilíbrio e na maioria das vezes vence. Trabalhe essa batalha e faça o equilíbrio vencer. Sua saúde agradece, sua profissão cresce e sua felicidade floresce. Pense nisso.

Robert Thomaz

Você também pode gostar desse post:

“A Bíblia deve ser lida ou é uma perda de tempo?”

Robert

Robert Thomaz é escritor, poeta, autodidata, pesquisador, blogueiro. Dedica-se ao estudo e pesquisa de assuntos relativos à qualidade de vida, relacionamento intrapessoal, relacionamento interpessoal, saúde e bem-estar.

Website: http://sentimentoseletras.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.