O corpo feminino: como ficar satisfeita com o seu

Corpo femininoObra criada pelo Arquiteto do Universo para completar o outro ser que ele criou propositadamente incompleto.

De uma maneira geral nem passa pela cabeça do homem o que significa ser mulher. Não é fácil ser mulher. Pense o que é menstruar todo mês por anos, muitas vezes ficar assada na intimidade pelo absorvente íntimo, ter cólicas menstruais, dores de cabeça, os seios incharem, trabalhar fora, dedicar-se muito ao trabalho e ganhar menos que o homem, sempre ser vista como frágil (fraca física e emocionalmente), ser gestante, mãe, etc.

O corpo feminino é uma das maiores obras do Arquiteto do Universo porque além dele lhe conceder o poder de sedução, foi-lhe generoso de também possibilitá-la de gerar outro ser dentro de si, tornando-se de uma hora para outro o centro do universo de uma família.

Não é à toa que a mulher se preocupa tanto com seu corpo, com suas curvas em excesso ou em falta. Seu corpo é seu tesouro, seu patrimônio maior, que a acompanhará por toda sua existência.

O Corpo Feminino Como Ficar Satisfeita com o Seu A

Ocorreu algum tempo uma pesquisa que resultou na informação de que cerca de 70% das mulheres não está totalmente satisfeita com seu corpo.

Você está com o seu?
O Corpo Feminino Como Ficar Satisfeita com o Seu B

Corpo Feminino: Porque as Mulheres não estão Totalmente Satisfeitas

Existe uma relação profunda da mulher com seu corpo. Ele tem significativa representatividade em sua vida em vista que é um meio para que ela se sinta segura, realizada, atraente sexualmente.

Uma mulher estar totalmente satisfeita com seu corpo é uma raridade. Esse fato se apresenta em porcentagem elevada em função do processo subliminar que a mídia vem criando a algumas décadas de estipular como padrão de beleza um corpo magro, esbelto ou malhado, com curvas durinhas ou quase imperceptíveis e ao mesmo tempo promovendo o desprezo daquelas mulheres que estão “fora do padrão”. Um absurdo.

O Corpo Feminino Como Ficar Satisfeita com o Seu C2

O Corpo Feminino Como Ficar Satisfeita com o Seu Z8

Outro fator que reforça essa visão torta da realidade e distante de uma vida saudável e de uma boa qualidade de vida é a crescente facilidade de a mulher poder realizar cirurgias plásticas visando corrigir aquilo que julga “imperfeito”.

Cirurgia Plástica: Solução ou Problema para o Corpo?

A cirurgia plástica é uma solução para uma possível imperfeição ou um perigo potencial? Qualquer cirurgia tem seu grau de risco, por menor que ele seja. A cirurgia destina-se a solucionar a suposta imperfeição, entretanto, o corpo pode reagir de uma maneira totalmente adversa em relação ao processo invasivo, redundando em um ou vários problemas como: a paciente entrar em coma por alguma complicação de seu organismo, mesmo ela sendo saudável; a cirurgia não apresentar o resultado desejado e esperado pela paciente e médico, etc.

O Corpo Feminino Como Ficar Satisfeita com o Seu E

Um dado importante a ser analisado é o resultado obtido numa pesquisa feita pelo Instituto de Pesquisa Ideafix para avaliar a relação das mulheres com seu corpo e as cirurgias plásticas. Constatou-se que cerca de 71,5 % das mulheres, em todas as faixas etárias, preocupam-se com seu corpo, sua aparência e pensam na possibilidade de se submeter a uma cirurgia corretiva.

A preferência feminina levantada na pesquisa seria a lipoaspiração (cirurgia estética que retira gordura localizada do corpo), a abdominoplastia (cirurgia plástica da “barriga chapada”), o aumento e/ou elevação dos seios e gluteoplastia (cirurgia para remodelar o bumbum).

O Corpo Feminino Como Ficar Satisfeita com o Seu Z2

Porque a mulher prefere fazer estas correções cirúrgicas? Segundo dado levantado na pesquisa as mulheres têm grande preocupação com a barriga, seios e bumbum, partes consideradas importantes por serem objeto de atração e atenção do segmento masculino.

As mulheres pensam e tem essa preocupação porque imaginam que a mulher que não estiver com estas partes em “perfeito estado” possivelmente se sentirá insegura, feia ou fora do padrão, sendo uma mulher “pouco competitiva”, pouco desejada pelos homens.

O Corpo Feminino Como Ficar Satisfeita com o Seu XX

Corpo Feminino: Como Ficar Satisfeita com o Seu

Segundo a pesquisa realizada verificou-se que a maioria das mulheres consideram um desafio olhar no espelho e estar feliz esteticamente com seu corpo. Aí ocorre um profundo erro por esse grande número de mulheres.

O corpo da mulher é um só e a imagem que se faz dele é produzida na mente, na complexidade da mente. A cirurgia pode mudar aquilo que ela considera imperfeito, sim claro que pode, mas será que a cirurgia é realmente necessária? E até que ponto a mulher deve ariscar o corpo, deve fazer uma cirurgia corretiva para mudar a suposta imperfeição?

Deve ocorrer uma análise criteriosa entre paciente e cirurgião plástico para se chegar a um denominador comum, que será o quanto realmente a cirurgia fará diferença na vida, na felicidade e na consciência da mulher. Se realmente fará significativa diferença, que seja feita, contudo sempre existe aquele impasse: mesmo o cirurgião e sua equipe sendo competentes existe a possibilidade de complicação e de não ocorrer o efeito desejado após o período de recuperação da mulher.

O Corpo Feminino Como Ficar Satisfeita com o Seu F

A mulher deve trabalhar sua mente no sentido de não perder o foco do que realmente importa em sua vida: ser feliz. Para se alcançar a felicidade não é preciso seios mortíferos, um bumbum perturbador e nem vestir manequim 38 ou 40.

Corpo perfeito não existe e é impossível tê-lo. O corpo perfeito é um conceito, um padrão criado não para estimular a autoestima feminina, mas para agir, infelizmente, na contramão dela, forçando a mulher a desejar algo que muitas vezes está além de seu alcance, expondo-a ao perigo de uma intervenção cirúrgica desnecessária.

É preciso sim, que a mulher saiba se amar a si mesma, que entenda que em primeiro lugar deve se amar e querer melhorar sua aparência, estimular sua vaidade. A mulher para ser admirada – acharem bonita, linda, sedutora – é necessário que seja digna, madura, que se autoafirme perante familiares, amigos e colegas de trabalho por sua personalidade e conduta. Para conquistar o amor que deseja deve ser por sua atitude, seu comportamento e por sua sensualidade. E para ser sensual não se precisa de um corpo escultural.

Pense e reflita. Seja feliz com o corpo que você tem, trabalhe sua mente para isso. Ajude-o com exercícios físicos regulares e uma boa dieta balanceada. A qualidade de vida faz parte da felicidade.

Seja feliz acima de tudo. Esse deve ser o foco de sua vida.

ROBERT THOMAZ

O Corpo Feminino Como Ficar Satisfeita com o Seu Z10

Banner Compartilhamento II 300x120

Robert

Robert Thomaz é escritor, poeta, autodidata, pesquisador, blogueiro. Dedica-se ao estudo e pesquisa de assuntos relativos à qualidade de vida, relacionamento intrapessoal, relacionamento interpessoal, saúde e bem-estar.

Website: http://sentimentoseletras.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.