Síndrome da fibromialgia: Saiba como lidar com essa enfermidade

Você frequentemente acorda cansada (o), com dores por todo o corpo mesmo tendo dormido por várias horas?

 Você tem o sono interrompido por dores musculares ou tem insônia com frequência?

 Você apresenta dores de cabeça recorrentes, enxaqueca clássica, dor pélvica ou abdominal?

 Você costuma sentir formigamento e sensação de dormência nas mãos e pés, bem como inchaço nas pernas?

 Se você respondeu positivamente a todas ou pelo menos duas das perguntas acima, é possível que você tenha a síndrome conhecida como fibromialgia. Entretanto, mesmo que suas respostas não se encaixem às perguntas acho que você deve ler este artigo até o final.

Fibromialgia Conheça e Saiba como Lidar com essa Síndrome A

Fibromialgia: Conceito, Características, Sintomas

Fibromialgia é uma síndrome que se caracteriza pela sensação generalizada de dor. A pessoa sente dores por todo o corpo durante longos períodos, com sensibilidade nos músculos, tecidos moles, tendões e articulações. Ela pode ser descrita como a sensação de queimadura ou de mal-estar.

A fibromialgia pode em algumas oportunidades iniciar-se pela dor generalizada, contudo também pode manifestar-se nas seguintes regiões do corpo: pernas, região lombar, pescoço, ombros, músculos dos braços.

Fibromialgia Conheça e Saiba como Lidar com essa Síndrome B

Essa síndrome segundo estudos tem suas raízes diretamente ligadas à fadiga, às dores de cabeça, aos distúrbios do sono, a ansiedade e a depressão. No estudo da mente humana verificou-se que sua causa seja uma possível desordem ou descontrole da maneira como o complexo mental processa as sensações de dor. Ela afeta mais mulheres do que homens e do universo atingido cerca de 80% dos casos é o segmento feminino, com idades variando entre 30 e 50 anos de idade.

Fibromialgia Conheça e Saiba como Lidar com essa Síndrome C2freeimages.co.uk medical images

A fibromialgia por ser uma síndrome que se caracteriza por um transtorno no processamento da dor, nos fusos neuromusculares, é comum que seus sintomas apareçam em horas variadas do dia, sendo verificada uma maior incidência no período matinal. Ela se agrava com as mudanças climáticas, a atividade física desmedida, ausência de sono, ansiedade, stress, etc.

A fibromialgia não tem cura. Infelizmente, como passar dos anos ela tende a piorar senão houver um tratamento adequado e uma adaptação no estilo de vida de modo que a qualidade de vida do indivíduo não decline. Seu tratamento é multidisciplinar e deve ser adaptado a cada doente e a fase que ele se encontra.

As reais causas da síndrome não são ainda conhecidas, porém estudos levantaram vários fatores que presentes no diagnóstico concorrem para a constatação da enfermidade. São eles:

  • O fato genético é um dado significativo em vista que a fibromialgia é muito recorrente em pessoas da mesma família, considerando-se que existem mutações genéticas capazes de causar a síndrome;
  • Distúrbios do sono, ansiedade, depressão, sedentarismo;
  • Infecções por vírus e doenças autoimunes podem estar nas causas da enfermidade;
  • Traumas emocionais ou físicos, como um acidente de carro;
  • Mudanças hormonais.

Fibromialgia Conheça e Saiba como Lidar com essa Síndrome 11

Existem os chamados fatores de risco que se constituem na possibilidade de uma pessoa sadia apresentar uma enfermidade em função de sua exposição a fatores ambientais e hereditários. Vejamos quais são eles no caso da fibromialgia:

٭ Mulheres que apresentam dificuldade de iniciar o sono ou de permanecer dormindo estão mais propensas a desenvolver a síndrome do que aquelas que dormem bem;

٭  As mulheres são mais propensas do que os homens a apresentar a síndrome;

٭ O fator genético é verificado em vista da recorrência entre membros da mesma família.

Fibromialgia Conheça e Saiba como Lidar com essa Síndrome D

As pessoas que tem fibromialgia normalmente apresentam os seguintes sintomas:

٭  Dor generalizada;

٭ Enxaqueca clássica ou dores de cabeça recorrentes, dor pélvica e dor abdominal;

٭ Transtorno de memória e de concentração;

٭ Fadiga;

٭ Dificuldades cognitivas;

٭ Pouca tolerância ao esforço físico;

٭ Palpitações;

٭ Formigamento e dormência nos mãos e nos pés.

٭ Moderada irritabilidade devido à dor.

Fibromialgia Conheça e Saiba como Lidar com essa Síndrome E

Diagnóstico e Tratamento

O diagnóstico da fibromialgia é difícil de ser conclusivo pelo fato da síndrome apresentar sintomas muito similares a outras síndromes do campo de doenças reumáticas e pelo fato de não existir exames laboratoriais capazes de diagnosticá-la com precisão. Somente pelo estudo realizado por um reumatologista sobre o histórico de sintomas e exame físico é possível chegar-se a constatação da enfermidade.

Alguns aspectos que o paciente deve informar ao reumatologista quando da consulta que ajudarão na análise do médico e na escolha do tratamento mais adequado:

٭ Descreva seus sintomas e a intensidade das dores e os locais do corpo onde normalmente ocorrem;

٭ Informe os suplementos vitamínicos e medicamentos que usa com frequência;

٭ Relate distúrbios do sono, ocorrências de dores de cabeça e enxaqueca;

٭ Informe se tem ansiedade e depressão, mesmo que as ocorrências desse estados sejam esporádicas;

٭ Informe problemas de saúde na família e de parentes mais próximos (pai, mãe e irmãos).

O tratamento da fibromialgia é mais eficaz quando se processa em conjunto medicamentos e terapias não medicamentosas. O tratamento pode abranger:

– Fisioterapia;

– Programa de exercícios físicos;

– Técnicas de relaxamento, alívio do stress e massagem leve;

– Terapia cognitivo-comportamental que visa ensinar o indivíduo a lidar com pensamentos negativos, reconhecer o que agrava seus sintomas, a estabelecer limites a suas atividades e buscar a prática de atividades agradáveis.

Como a dor que pode vir a incapacitar o indivíduo é o fator primordial da síndrome busca-se agir sobre as suas possíveis origens. Os medicamentos mais usados são analgésicos de ação central, incluindo medicamentos antidepressivos e antiepiléticos que também tem ação analgésica. Em concorrência com estes medicamentos também são ministrados medicamentos que melhorem a qualidade do sono e mioreelaxantes.

Fibromialgia Conheça e Saiba como Lidar com essa Síndrome F (2)Fibromialgia Conheça e Saiba como Lidar com essa Síndrome F

Medidas que Auxiliam no Tratamento

Depois de constatada a existência da síndrome, o indivíduo deve adotar algumas medidas práticas que vão auxiliá-lo na melhora de sua qualidade de vida e saúde. Vejamos algumas delas:

٭ Exercite-se com regularidade, mas de maneira comedida;

٭ Mantenha um mesmo ritmo de vida, nem muito acelerado e nem muito devagar;

٭ Reduza o estresse diário, reconhecendo aquilo que o aumenta ou agrava;

٭ Durma o número de horas suficientes para que não acorde no dia seguinte cansado;

٭ Se puder pratique ioga que reduz o sintomas físicos e psicológicos da fibromialgia.

Fibromialgia Conheça e Saiba como Lidar com essa Síndrome GFibromialgia Conheça e Saiba como Lidar com essa Síndrome HFibromialgia Conheça e Saiba como Lidar com essa Síndrome J

Informação Relevante sobre a Fibromialgia

Pelo fato da fibromialgia ser uma síndrome que apresenta como características: a dor generalizada, constante cansaço e a indisposição a atividades físicas leva tanto familiares como pessoas que rodeiam o portador a desacreditar em suas constantes reclamações relativas aos sintomas citados. Muitos acham que a dor alegada não passa de causa psíquica fato que deixa o portador mais debilitado emocionalmente pela pressão que sofre. Imagine você sentir uma “dor de cabeça” contínua por anos, sem alívio e ainda por cima cochicharem e dizerem que sua atitude não passa de fingimento, “frescura”, preguiça, “corpo mole”.

Quem é portador de fibromialgia sofre duplamente pela dor física e pela dor emocional causada pela segregação que sofre devido à incompreensão de familiares, amigos e colegas de trabalho.

Se você tem alguém em sua família que sofre de fibromialgia procure entender essa pessoa, tenha paciência e compreensão com suas reclamações, com sua limitada capacidade de agir, de fazer as coisas. Procure entendê-la, compreenda que ela não simula a dor, que em verdade convive com a dor, com a agonia durante quase toda a vigília.

Procure ser empático (a). Dê carinho, atenção e conforto para o portador de fibromialgia em vista que seu sofrimento é profundo e duradouro, fato que lhe causa desconforto e queda em sua qualidade de vida. Lembre-se sempre que parte da felicidade dele depende de você, de seu amor e estima por ele.

ROBERT THOMAZ

Fibromialgia Conheça e Saiba como Lidar com essa Síndrome K 

Banner Compartilhamento II 300x120

Robert

Robert Thomaz é escritor, poeta, autodidata, pesquisador, blogueiro. Dedica-se ao estudo e pesquisa de assuntos relativos à qualidade de vida, relacionamento intrapessoal, relacionamento interpessoal, saúde e bem-estar.

Website: http://sentimentoseletras.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.